Release

Nascido em Santo André – SP, iniciou seus estudos na guitarra aos 7 anos de idade em New Jersey, EUA, onde residiu por 11 anos convivendo com a música e cultura norte americanas. Atualmente se dedica ao seu projeto solo, Edu Gomes e a Pirâmide, com 3 títulos lançados.

O primeiro CD solo, Espelho D’Água foi lançado em 1999 onde canta suas composições em parceria com Paulo Wehby (RIP) e conta com as participações especiais de Alexandre Fontanetti, e a dupla de percussão dos novos baianos, Zé Roberto “baixinho” e Charles Negrita, entre outros.

O segundo lançamento é de composições instrumentais e se chama Imo, com participações de Renato Martins, Mario Fabre, Roberto Angerosa e Adriano Grineberg. Sua viagem para a Índia em 2005 para o lançamento do CD Vera Mantra, serviu de forte inspiração para este trabalho.

O terceiro CD, Âmago, apresenta composições ao lado de novos parceiros de letra, Fabio Roberto e Fernando Janson. Um trabalho de continuação do primeiro CD, onde a poesia e texturas sonoras são destaque.

É ex -membro da Irmandade do Blues, banda paulistana de Bluesrock, reconhecida pelas apresentações ao vivo inspiradas, com músicas autorais e versões arrebatadoras de R&B, Blues e Rock. São 20 anos de carreira, mais de 700 shows e quatro lançamentos: os CDs “Veneno”, “Good Feelings”, o recém lançado “Fronteiras”, e o DVD “Ao Vivo” com a participação especial do cantor André Matos e o guitarrista Andreas Kisser.

Dividiu o palco com artistas de Blues nacionais e internacionais como Larry McCray, Deitra Farr, Phil Guy, Eddie C. Campbell, Jimmy Burns, J.J. Jackson e André Christovam.

Fora do cenário blueseiro, gravou e tocou ao lado de músicos e artistas passando por diversos estilos. Entre alguns deles: Roberto Menescal, Glenn Leonard (Temptations), Gaspa (Ira!) e Márcia Salomon.

Dirige o Cakewalking Studios, núcleo musical paulistano com 15 anos de história e tradição de boa música, gravando e produzindo músicos e artistas de Blues, Jazz, MPB e Rock, onde também co-produziu e lançou 9 CDs de New Age e World Music em parceria com Adriano Grineberg. São composições dirigidas à introspecção, meditação, relaxamento e amplamente utilizados por terapeutas de diversas áreas dedicadas ao bem estar da alma.

Integra o grupo ZFG Mob com o baterista Mário Fabre e o baixista Fábio Zaganin. O trio instrumental lançou o CD Canastra em 2009 e Elefante em 2015. Ambos reúnem composições próprias dos integrantes baseadas no Blues e Rock com pitadas de música brasileira e Rock Progressivo.

Na área educacional, já escreveu matérias para a revista “Guitar Player Brasil” e realizou o workshop Música com Emoção no Sesc-SP e diversos conservatórios musicais, como também classes particulares dirigidas.

Biografia

BRAZIL/USA

Nasci em Santo André em 1962. Curioso como depois de muitos anos, esta cidade veio a ser o ponto de partida de minha carreira profissional na música através do saudoso Jazz & Blues. Em 1963 minha família decide aceitar convites de trabalho na promissora “América”. Cheguei em Newark, New Jersey, com um ano de idade onde fui alfabetizado. Foram onze anos de contato e aprendizado com a sociedade e costumes americanos.

Comecei a estudar violão e guitarra aos 7 anos com o método Mel Bay, que foi muito útil no aprendizado de teoria musical. Cresci ouvindo “School’s Out” de Alice Cooper, um sucesso estrondoso na época, entre muitas outras coisas daqueles tempos de ouro que todos conhecem. Foram inúmeros shows no auditório da escola e conservatório. Um costume típico dos americanos, o que explica boa parte da tradição deste povo nas artes em geral. Incentivo constante! Quando minha família decide voltar para o Brasil eu estava terminando a 7ª série. Muitos amigos e histórias ficaram pra trás para sempre. Uma mudança radical que era necessária, pois um destino precisava se cumprir.

BRASIL, 1974

Minha primeira parada seria na cidade natal de minha mãe chamada Montenegro, RS, onde morei por dois anos. Fato que amenizou o choque da mudança de país, pois a cidade era belíssima e pacata. Cenário totalmente diferente do vivido nos EUA. Estudei violão clássico no Conservatório Municipal da cidade. Foi a introdução para a música clássica. Procurei seguir a disciplina que o erudito exige, e foi bom. Depois deste período aconteceu minha mudança para São Paulo. Foi na capital paulista onde tive 4 anos de aula de harmonia e violão clássico com Jarbas Jr, mestre da guitarra brasileira. Em seguida foram dois anos com Felipe Ávila, que colaborou fortemente na minha percepção e ritmo.

Por último, completei dois cursos, de 14 meses cada, com o mestre Cláudio Leal, profundo conhecedor da arte musical. Harmonia e arranjo foram os assuntos abrangidos. Durante um bom tempo trabalhei em estúdio com o amigo, produtor e músico Alexandre Fontanetti. Tive a oportunidade de lidar com uma grande variedade de artistas e situações típicas de estúdio envolvendo gravação e produção. Foi neste período em que conheci o tecladista e compositor Adriano Grineberg que viria a ser meu parceiro na carreira de New Age, World Music e Blues.

Parceria que culminou em 7 CDs, até agora, e numa fantástica viagem para a Índia no final de 2004, após recebermos um convite para tocar no aniversário do mestre Sathya Sai Baba diante de milhares de ouvidos curiosos, além de autoridades locais e internacionais, devido à grandeza do evento. Uma realização sem precedentes para minha carreira. Também vale destacar a visita do Mestre Dalai Lama na pedreira Leminski de Curitiba, onde fiquei responsável pelo seu microfone, permitindo um contato bastante próximo. Outra peripécia transcedental!

Devido à experiência em estúdio e nos palcos, pude acompanhar artistas durante suas turnês trabalhando desde roadie a stage manager. Entre alguns nomes: Credence Clearwater Revisited, Bad Religion, Offspring e Christian & Ralf. Na área acadêmica ministrei aulas particulares e em conservatórios além de workshops. Em 2001 assumi a direção do Cakewalking Studios, núcleo artístico idealizado pelo amigo Elvio Favero, onde a boa música e alto astral reinam fortes. Tive a oportunidade de continuar meu contato com o mundo da gravação onde diversos trabalhos foram realizados, desde CDs autorais a produções, como também receber artistas nacionais e internacionais para ensaios e gravações, já que a estrutura existente é de ótima qualidade.

Para os mais detalhistas, um passeio pelo site pode revelar os detalhes de cada obra ou artista o qual tive o prazer de participar ou acompanhar!